artistasgauchos












Desenvolvido por:
msmidia

Literatura de Cordel
Suely Braga

A literatura de Cordel é um tipo de poema popular, oral e impresso em folhetos, geralmente expostos para venda pendurados em cordas ou cordéis, o que deu origem ao nome.

A literatura de cordel é escrita em forma rimada e alguns poemas ilustrados com xilogravura. As estrofes mais comuns são as de dez, oito e seis versos. Os autores recitam de forma melodiosa e cadenciada, acompanhados de violas.

A literatura de cordel começou na Época do Renascimento. Os portugueses é que introduziram na segunda metade do século XIX. Os folhetos já possuíam características próprias brasileiras.

No Brasil a literatura é produção típica do Nordeste, nos estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. Em outros estados como Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. A Academia Brasileira de Literatura de Cordel foi fundada em setembro de 1988 no Rio de Janeiro.

Alguns dos cordelistas famosos no Brasil foram: Apolônio Alves dos Santos, Firmino Teixeira do Amaral, João Ferreira de Lima, João Martins de Athayde, Leandro Gomes de Barros e Manoel Monteiro.

Atualmente o cordel é usado nas Ciências, nas Artes, na música. Eu tenho um livro de literatura de cordel que aborda assuntos como: as descobertas de cientistas famosos, a vida de Santos Dumont, as descobertas das vacinas e outros assuntos da atualidade.

Exemplos de Cordeis:

“Das faces do ser humano,

Seu agir e seu pensar

O cordel é sempre escrito

De forma peculiar

Com rima, métrica, oração,

Com canto ou declamação

Que faz rir ou emocionar.”

Autor: Francisco Diniz

“Hoje em dia a internet

É fonte de informação.

Relacionamento humano.

Comércio, entretenimento.

Aula e mobilização.

O cordel também ocupa

Seu espaço virtual.

Usar tecnologia.

É passo fundamental

Para a eternização.

Desta arte genial.”

      Do livro: “Literatura de Cordel” –Luiz Gonzaga.

    Autor: Altair Leal

                            Osório, 27/06/2017.


04/10/2017

Compartilhe

 

Comentários:

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "415906" no campo ao lado.
 
  

 

  Suely Braga

Suely Eva dos Navegantes Braga é de Santo Antonio da Patrulha, RS. Foi para Osório ainda menina, onde resido até hoje. Pós-graduada em Orientação Educacional pela PUCRS, em Porto Alegre. Lecionou Língua Portuguesa e Literatura em várias escolas da cidade. Quando terminou o Curso de Orientação Educacional, passou a ser orientadora nas mesmas escolas. Sempre escreveu textos sobre educação e política, poesias em revistas e jornais. Depois de aposentada, se dedica à Literatura, escrevendo contos,crônicas e poesias. Em 2007, lançou seu primeiro livro de contos e crônicas: OS ÚLTIMOS ACORDES DO CONCERTO. Participou de Antologias e Coletâneas a nível estadual e nacional e escreve em vários sites na internet: Recanto das Letras, Para ler e pensar, Artistas Gaúchos, Litoral mania.

suelybraga9@gmail.com
www.sonhadorasuelybraga.blogspot.com


Colunas de Suely Braga:


Os comentários são publicados no portal da forma como foram enviados em respeito
ao usuário, não responsabilizando-se o AG ou o autor pelo teor dos comentários
nem pela sua correção linguística.


Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Livros em destaque

O Guardião da
Chave Dourada

Airton Ortiz

Fundamentos à prática de revisão de textos

A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil

 

compre nossos livros na