Poema do livro Quase eu 1

o goleiro vê o jogo ao contrário
o número um que ele carrega
não é de primeiro, mas de solitário

o gol que não houve, a bola na trave
ou presa entre as asas do seu vôo de ave
são pontos a mais no seu placar tonto

seu companheiro, o goleiro adversário
com quem trama o escore ideal:
zero a zero do começo ao final

 

 

acessos: 249261  | Site desenvolvido pela msmidia.com