artistasgauchos












Desenvolvido por:
msmidia

Literatura

O despertar da primavera
Rafaela Pechansky

                É uma pena que a censura alemã tenha impedido que Frank Wedekind, autor de “O despertar da primavera”, visse sua obra-prima encenada no século XIX. Muito a frente do seu tempo, a história original só pôde ser montada na Inglaterra, em 1974, 83 anos após ter sido escrita. Polêmica, foi acusada de estimular os jovens ao suicídio e à prostituição. Pensando bem, talvez o enredo fosse mesmo incompatível com uma sociedade patriarcal, regida por valores e crenças retrógrados. “O despertar” conta a história de um grupo recém iniciado na adolescência, que sofre com culpa, dilemas e dúvidas gerados por uma atmosfera de professores e pais repressores, violentos ou simplesmente despreparados para lidar com uma juventude inquieta e questionadora.

A peça, com direção de Zé Adão Barbosa, estreou no Teatro São Pedro, no dia 02 de outubro, e estará em cartaz no Teatro Renascença dos dias 05 a 07 de novembro. Ao longo da trama, nos deparamos com Melchior (Tiago Dornelles), um garoto inteligente, determinado e proveniente de família rica e Wendla (Natália Karam), uma menina sonhadora e ingênua. Nesse círculo de amigos também encontramos Moritz, o melhor amigo de Melchior, interpretado com excelência por Guilherme Zanella. Inseguro e inquieto, o rapaz começa a sonhar com mulheres, tirando sua tranqüilidade e o desviando ainda mais dos estudos necessários e cobrados veementemente pelo pai. Martha (Isabella Guimarães) também é uma personagem que sofre com problemas dentro de casa, tendo que tolerar os abusos de pais violentos e religiosos que a obrigavam a usar sempre o cabelo preso.

Além dos protagonistas, vemos ainda outros adolescentes que lidam com assuntos sobre a descoberta da sexualidade, homossexualismo e incesto. No momento em que o Melchior e Wendla se deparam eles próprios com o desejo crescente entre os dois, os jovens são obrigados a confrontar algo que ele só conhecia dos livros e ela nunca havia ouvido falar: o sexo. O tabu dentro da casa de Wendla fica explícito na ótima cena em que ela questiona a mãe sobre a cegonha e termina com a velha admitindo que as mulheres ficam, sim, grávidas pelos homens, mas somente quando são casadas e os amam demasiadamente. Enquanto isso, vemos um Moritz atormentado pelo péssimo boletim, o que o faz armar um plano para fugir de casa. Ele encontra-se, por acaso, com a boêmia Ilse, uma jovem que havia largado a escola e agora vivia peregrinando pelas casas de amigos, ignorando os maldizeres e boatos ao seu respeito. Ela é a personificação da liberdade tão almejada - e ao mesmo tempo tão reprimida - por aqueles jovens. Ilse é, talvez, a representação da mensagem que Wedekind tentou passar com o seu trabalho: o grito de alvedrio da juventude, considerado tão erroneamente pela sociedade como subversivo, transgressor e corrompido, sendo algo apenas natural, proveniente das angústias e do idealismo existentes dentro de todos nós enquanto seres humanos.


01/11/2010

Compartilhe

 

Comentários:

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "040905" no campo ao lado.
 
  

 

  Resenhas

As resenhas pubicadas no portal Artistas Gaúchos são de inteira responsabilidade dos articulistas. Se você deseja enviar um texto, entre em contato com o editor do portal. Não é necessário estar cadastrado no portal para enviar resenhas e a veiculação ou não é uma escolha editorial.

editor@artistasgauchos.com.br


Colunas de Resenhas:


Os comentários são publicados no portal da forma como foram enviados em respeito
ao usuário, não responsabilizando-se o AG ou o autor pelo teor dos comentários
nem pela sua correção linguística.


Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Livros em destaque

O Guardião da
Chave Dourada

Airton Ortiz

Fundamentos à prática de revisão de textos

A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil

 

compre nossos livros na